goo vimeo rss facebook

Notícias

Centro Multiusos com lotação esgotada para emitir "Preço Certo"

Já começou a contagem decrescente para a emissão especial do "Preço Certo" que a RTP1 vai fazer a partir da cidade de Lamego no próximo domingo à noite. Apresentado por Fernando Mendes, o concurso celebra com uma grande festa no Centro Multiusos as 3000 emissões. A partir das 21h15, em direto, Lamego será o palco e o ponto de partida para uma viagem de 14 anos de história. Mais de 3000 emissões, 300 mil concorrentes, muitos milhares de prémios atribuídos e centenas de montras que fizeram a felicidade de muitos portugueses. 
Numa grande festa e com uma grande dose de boa disposição, neste especial do "Preço Certo" não vai faltar muita música animada por um leque de artistas de grande sucesso - Marco Paulo, Mickael Carreira e Augusto Canário-, os jogos mais famosos do programa, prémios e atuações hilariantes. A emissão vai também celebrar e premiar os concorrentes que mais se destacaram ao longo desta viagem. Através de vídeos hilariantes, a RTP revisitará ainda a história e os momentos que mais marcaram o programa e, alguns na plateia, serão surpreendidos com o Troféu Mendes de Ouro. 
Líder de audiências em Portugal, a emissão especial de um dos maiores sucessos da televisão terá ainda uma forte componente social com a realização de uma visita surpresa de Fernando Mendes e da sua equipa ao Centro de Acolhimento Temporário (CAT) da Misericórdia de Lamego, uma instituição responsável pelo acolhimento urgente e temporário de crianças e jovens em perigo.

Noite de Gala do TRC prestou homenagem a Adriano Guerra

Pelo seu papel como um incansável defensor, divulgador e impulsionador do património cultural integrado no processo de desenvolvimento cultural e da comunidade em que se insere, Adriano Guerra, antigo docente do Agrupamento de Escolas Latino Coelho, foi agraciado na noite de 23 de fevereiro com o Prémio de Mérito Cultural do Município de Lamego, durante a gala que assinalou o nono aniversário da reabertura do Teatro Ribeiro Conceição (TRC). Durante o discurso de agradecimento em que recordou as principais atividades no âmbito da animação cultural em que participou, sublinhou que não é "um homem de palco, embora o tenha pisado algumas vezes. Sou sobretudo um homem de bastidores, como muitos de vocês bem sabem. Na preparação, na escrita, na produção, na montagem, foi nesses ambientes que ao longo destes anos mais dei e mais recebi. Atrás do palco, nos bastidores, no suporte, no coração de um espetáculo". O júri do galardão na ata que fundamenta a atribuição desta distinção a Adriano Guerra justificou que "nos seus silêncios construiu os trilhos dos trechos de uma participação comunitária, dentro de um percurso de desenvolvimento local e na dinâmica global em que está integrada, movendo montanhas, motivando incrédulos e, provando que na simplicidade dos seus comportamentos, brotariam rios de iniciativas, mares de projetos e oceanos de concretizações". A noite encerrou com uma surpresa que a família de Adriano Guerra preparou em segredo: a apresentação da canção “Tudo ou Nada”, interpretada por Ana Paiva Guerra e Elísio Lourenço. Com letra de Adriano Guerra e música de Kym Cabral, foi a grande vencedora do 1º Festival da Canção de Lamego, realizado em 1979, no TRC.

Jornadas em Lamego debateram o futuro das bibliotecas

Mais de uma centena e meia de especialistas e académicos da área das bibliotecas, sobretudo professores bibliotecários, estiveram reunidos nas II Jornadas da Rede de Bibliotecas de Lamego (RBL) que decorreram no Teatro Ribeiro Conceição com o objetivo de refletirem e partilharem ideias sobre os desafios que se colocam hoje em dia a estas instituições “face às diversas literacias”. O encontro também serviu para divulgar o trabalho colaborativo promovido pelas 14 bibliotecas existentes no concelho e que compõem a RBL. Formalizada em 2012, esta rede é constituída por diferentes realidades, mas que "confluem para o enriquecimento documental e para a criação de um projeto comum".
"A Biblioteca na Era Digit@l" foi o mote para a reflexão e discussão destas segundas jornadas que juntou muito público, para além de professores bibliotecários, docentes e bibliotecários municipais. Entre os oradores convidados, estiveram presentes em Lamego Francisco José Viegas, escritor e antigo secretário de Estado da Cultura, e Teresa Calçada, antiga comissária adjunta do Plano Nacional de Leitura.

Incubadora de empresas nasce em Lamego

incuA cidade de Lamego vai ter a primeira incubadora de empresas, instalada numa ala do edifício da Central de Camionagem. A Câmara de Lamego cedeu este espaço à Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Lamego (ESTGL) para ali serem criadas e desenvolvidas pequenas e micro empresas, apoiadas nas primeiras etapas das suas vidas. Esta nova unidade é especialmente direcionada para alunos e antigos alunos desta escola.
O contrato de comodato entre o Município de Lamego e a ESTGL - unidade orgânica do Instituto Politécnico de Viseu - foi assinado durante a tarde de 14 de fevereiro e terá a duração de cinco anos. A assistir a este ato, esteve a secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Fernanda Rollo. Francisco Lopes, Presidente da autarquia, considera que este estabelecimento de ensino tem feito um "trabalho notável": "Lamego não seria a mesma cidade sem o ensino superior", acrescentando que esta instituição possui as competências adequadas ao fomento do empreendedorismo e à empregabilidade que serão úteis na nova incubadora. "Os institutos politécnicos ajudam a construir a identidade dos territórios. A rede de politécnicos valoriza o Interior", defendeu também a governante.

Câmara de Lamego vai investir 11 milhões em projetos estratégicos

A Câmara Municipal de Lamego vai executar uma carteira de 16 projetos estratégicos na cidade, no valor de 11 milhões de euros, no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU). "Trata-se do maior investimento que esta autarquia fará nos próximos anos", explicou Francisco Lopes, durante a sessão pública de apresentação de todos os pormenores do PEDU e do Plano Estratégico de Reabilitação Urbana (PERU). Este pacote de projetos de iniciativa municipal obedeceu a "condicionantes impostas" e enquadra-se em três eixos prioritários - regeneração urbana, mobilidade e apoio a comunidades desfavorecidas -, sendo financiado em 85% por fundos comunitários do Programa Operacional NORTE 2020. 
"Durante quase 40 anos não tivemos plano de urbanização na cidade de Lamego. O desafio é, ora avante, que se façam coisas melhores e com objetivo estratégico, olhando para a cidade e para o casco mais antigo, que foi abandonado em detrimento das periferias", fundamentou o autarca.

Prémio Dr. Fernando Amaral distingue melhores trabalhos originais

FA 2017Os alunos do ensino secundário, matriculados no 10º, 11º ou 12º anos em qualquer escola do concelho de Lamego, já podem submeter os seus trabalhos à apreciação do júri do Prémio Escolar Dr. Fernando Amaral, que este ano devem ser subordinados ao tema “Do pós guerra à globalização: do Dr. Fernando Amaral aos jovens de hoje... desafios profissionais”. Nesta quinta edição, o valor pecuniário a atribuir ao vencedor do galardão pelo Município de Lamego é de 2500€.
Instituído em honra deste emérito cidadão lamecense e um dos mais notáveis políticos da democracia portuguesa, o Prémio Escolar Dr. Fernando Amaral destina-se a distinguir os textos originais de maior mérito sobre os Valores da Democracia Local, o Estado de Direito e Cidadania e os Direitos Humanos. Esta distinção pode ser atribuída ex aequo, mediante reconhecimento do mérito, a mais do que um trabalho. 
Os alunos devem formalizar as suas candidaturas, até 24 de abril, em formulário disponibilizado para o efeito pelas escolas e pelos Serviços de Apoio à Assembleia Municipal. Nestes locais, também podem consultar o respetivo regulamento e as normas complementares que regem a apresentação dos trabalhos.
De periodicidade bienal, a criação deste galardão constitui um tributo permanente dos lamecenses ao exemplo de cidadania e de dedicação à res publica demonstrado em vida por Fernando Amaral que é, para todos, uma referência. A perpetuação da memória e a divulgação do exemplo de dedicação à causa pública que, de forma generosa, sempre guiou a conduta de Fernando Amaral são valores que a Assembleia Municipal de Lamego quer transmitir às gerações futuras.

>| REGULAMENTO  >| NORMAS de APRESENTAÇÃO >| FORMULÁRIO de INSCRIÇÃO

Contactos

Câmara Municipal de Lamego
  • Av. Padre Alfredo Pinto Teixeira, 5100 - 150 Lamego
  • Telef.: 254 609 600 Fax.: 254 609 601

Horário do Município

Horário de Atendimento ao Público
        SEGUNDA A SEXTA
          08H30 ÀS 17H00
Hórário de Atendimento Tesouraria
        SEGUNDA A SEXTA
          08H30 ÀS 15H30
             HORÁRIOS CONTINUOS
 

Newsletter