goo vimeo rss facebook

Notícias

Lamego acolhe reunião entre Coviran e Lacticínios do Paiva

A rede nacional de associados da "Coviran", uma cooperativa espanhola de retalhistas dedicada à distribuição alimentar, realizou o seu encontro anual na cidade de Lamego. A reunião interna deste grupo que "cobre as necessidades do pequeno e médio empresário independente da distribuição alimentar", decorreu na Escola de Hotelaria e Turismo do Douro. Após este encontro, a comitiva rumou à "Lacticínios do Paiva" para conhecer em pormenor as modernas instalações desta empresa que opera no setor agroalimentar, especializada em laticínios e seus derivados. Com elevados padrões de excelência, esta firma é um importante polo de dinamização sócio-económica do concelho e da região duriense e está sempre atenta às novas tendências de mercado.

Câmara de Lamego quer arrendar lojas do Mercado Municipal

A Câmara Municipal de Lamego está a colocar quatro lojas existentes no Mercado Municipal para arrendar a preços acessíveis, tendo para isso aberto um procedimento por hasta pública que decorrerá no Salão Nobre dos Paços do Concelho, na próxima segunda-feira, 24 de outubro, pelas 14h30. O critério de adjudicação será o da licitação de valor mais elevado. 
Situado na Av. 5 de Outubro, o Mercado Municipal de Lamego recebeu em 2014 importantes obras de modernização com o objetivo de voltar a ser um local de referência de abastecimento de produtos frescos e aumentar a sua capacidade de atração junto dos lamecenses. O conceito inerente a esta remodelação foi desenvolvido com base no modelo de operação das grandes superfícies, dando primazia ao conforto do cliente. A autarquia procura assim incentivar a promoção, produção e comercialização dos recursos endógenos existentes no concelho, nomeadamente produtos hortícolas, frutícolas, vinícolas e pecuários. 

Ação de formação ajuda a acolher refugiados

O Salão Nobre da Câmara Municipal de Lamego recebeu uma ação de formação e sensibilização dedicada ao acolhimento de refugiados, na sequência da disponibilidade que esta instituição já manifestou, junto do Governo, para acolher uma família de refugiados. Para isso, a autarquia tem reservado um apartamento de tipologia T4, situado no centro da cidade, capaz de proporcionar um acolhimento digno e seguro para aqueles que fogem da guerra e querem vir para o nosso país. 
Ministrada pelo Alto Comissariado para as Migrações, a ação de formação pretendeu "ser uma resposta formativa para os técnicos de intervenção social e para os parceiros que integram o Conselho Local de Ação Social e que sentem necessidade de desenvolver e aprofundar conhecimentos e competências em matéria de acolhimento de refugiados". 

Câmara de Lamego assinala Dia Mundial do Turismo

A Câmara Municipal de Lamego associou-se às comemorações do Dia Mundial do Turismo, assinalado a 27 de setembro, promovendo uma receção de boas-vindas aos novos alunos da Escola de Hotelaria e Turismo do Douro, na Loja Interativa de Turismo (LIT). O programa do evento contemplou a realização de atividades ao ar livre, uma aula sobre a secular história desta cidade e a oferta de um welcome drink com espumante "Raposeira" e degustação de produtos tradicionais. Ao longo do dia, como é hábito, a LIT recebeu a visita de muitos turistas que vêm à descoberta de Lamego e da região do Douro.
Este ano, no âmbito do Dia Mundial do Turismo foi proclamado o princípio do "Turismo Para Todos - Acessibilidade Universal", ao qual esta autarquia se rege promovendo políticas e práticas inclusivas e apostando na mobilidade.

Governo vai modernizar o Centro de Tropas de Operações Especiais

O Centro de Tropas de Operações Especiais (CTOE), instituição que forma os conhecidos “rangers”, vai ser alvo de um investimento de 11 milhões de euros para "corrigir uma situação que começava a ser grave, de ausência de condições mínimas para que pudesse atuar normalmente", anunciou o Ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, no final da visita que efetuou a Lamego na última sexta-feira. A partir de 2017, e ao longo dos próximos oito anos, o CTOE vai ser objeto de um projeto de reorganização das suas infraestruturas, com um conjunto de obras associadas. Esta "aspiração antiga" prevê a concentração das componentes operacional e de formação no Aquartelamento de Penude e a criação de alojamento em áreas de trabalho no Aquartelamento de Santa Cruz, onde serão investidos 2,9 milhões de euros. Em simultâneo, o Aquartelamento da Cruz Alta será "libertado" para outros fins.
Durante o périplo que o levou a conhecer, pela primeira vez, todas as instalações que compõem o CTOE, Azeredo Lopes enalteceu o espírito de colaboração da Câmara Municipal de Lamego para que este desfecho seja uma realidade. "Hoje pudemos apercebermo-nos que foi feito um esforço com muito rigor: não há aqui nenhuma despesa que consiga apontar como excessiva e, ao mesmo tempo, prevê a libertação de um dos espaços", refere. Ao seu lado, Francisco Lopes, Presidente da autarquia, vincou a "ligação umbilical" que os lamecenses mantêm com o CTOE e com a vida militar, desde quase há dois séculos: “Trata-se de uma das mais emblemáticas instituições do nosso Exército e que, ao longo dos anos, granjeou grande fama no nosso país e no estrangeiro, nomeadamente pela sua participação em missões em cenários de guerra".
Ao longo do dia, o governante aproveitou a deslocação a Lamego para conhecer a realidade das atividades de natureza militar desenvolvidas por esta unidade de elite do exército português, nomeadamente as suas múltiplas capacidades, valências e meios.

Investimento de milhões dá "novo rosto" à Secundária de Latino Coelho

A Escola Secundária de Latino Coelho, em Lamego, vai ganhar um "novo rosto", com a concretização do investimento mais elevado a efetuar em breve no conjunto dos estabelecimentos de ensino do Norte do país que o Ministério da Educação pretende requalificar. A Câmara Municipal de Lamego vai dar uma importante ajuda para a realização deste projeto que promete responder às novas exigências educativas e melhorar a vivência diária de cerca de 1000 alunos. Num investimento previsto de 4 milhões de euros, financiado em 85 por cento pelo FEDER, a autarquia garante 300 mil euros para solucionar, em definitivo, os problemas básicos que esta infraestrutura apresenta e que resultam do facto de não terem ocorrido, ao longo dos últimos anos, intervenções relevantes que visassem a sua modernização. O projeto e a empreitada são da responsabilidade deste Município que será o dono da obra.
Em concreto, os trabalhos vão abranger a intervenção total da cobertura de todos os edifícios que compõem a Escola Secundária Latino Coelho, com a colocação por exemplo de isolamento térmico e de um novo sistema de caleiras, a substituição integral das caixilharias, a instalação de novas redes de águas pluviais e residuais, a requalificação da rede elétrica substituindo as luminárias por leds,a criação de um elevador no exterior e a remodelação do piso e do sistema de aquecimento. Também está prevista a colocação de piso sintético no campo de futebol desta escola secundária para a realização de atividades desportivas e a requalificação da envolvente exterior. Esta intervenção tem a ambição de servir os alunos do ensino secundário do concelho ao nível do melhor que existe no país e integra um conjunto de seis intervenções em escolas, estabelecidas entre o NORTE 2020 e a CIM DOURO.

Contactos

Câmara Municipal de Lamego
  • Av. Padre Alfredo Pinto Teixeira, 5100 - 150 Lamego
  • Telef.: 254 609 600 Fax.: 254 609 601

Horário do Município

Horário de Atendimento ao Público
        SEGUNDA A SEXTA
          08H30 ÀS 17H00
Hórário de Atendimento Tesouraria
        SEGUNDA A SEXTA
          08H30 ÀS 15H30
             HORÁRIOS CONTINUOS
 

Newsletter