goo vimeo rss facebook

Câmara de Lamego apresenta nova "visão" de mobilidade e urbanismo

A Câmara Municipal de Lamego apresentou publicamente, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o plano de desenvolvimento "Lamego, projetar 2021... e ver mais além" que elenca os projetos estruturantes nas áreas da mobilidade, regeneração urbana, ambiente e ação social que vão ser concretizados nos próximos anos para promover a qualidade de vida dos Lamecenses. "Queremos centrar Lamego na região, no país e no mundo, uma ambição projetada inclusivamente no futuro Quadro Comunitário de Apoio 20/30. Esta é uma visão concretizável, pois os projetos correspondem às reais necessidades das pessoas", sublinhou Ângelo Moura, Presidente da autarquia, ao longo da intervenção de abertura.

No conjunto dos projetos urbanísticos que constituem a base da estratégia de investimento no quadriénio 2017-2021, assumirá especial importância na área da mobilidade a criação de uma ligação subterrânea entre a Praça Dr. Fernando Amaral, o novo nó de distribuição urbana, e a A24, com vista a dotar a cidade de uma infraestrutura viária que execute esta ligação de uma "forma simples e direta". Junto à Praça Dr. Fernando Amaral será construído um novo interface de transportes, que servirá as ligações regionais e suburbanas. Na área da mobilidade, será ainda enquadrada, a médio prazo, uma nova abordagem de revitalização das ruas Cardoso Avelino e Macário de Castro, uma via fulcral na ligação entre a zona sudeste e o centro da cidade que possui uma vida própria ao nível comercial e residencial. A autarquia procurará ainda solucionar outros problemas associados à crescente pedonalização de acesso ao centro urbano, adaptando algumas vias ao tráfego pedonal, nomeadamente a ligação a Arneirós (Escola de Hotelaria e Turismo do Douro) e a ligação ao Relógio do Sol pela EN226. 
Durante a apresentação pública do plano "Lamego, projetar 2021... e ver mais além", foram também descritas as intervenções de referência a concretizar nas áreas do urbanismo e da reabilitação urbana: a requalificação da Rua de Fafel, a intervenção no espaço público envolvente da zona de Nazes, a implementação do Parque Urbano de Lamego, a reabilitação do Largo dos Bancos e da Rua do Teatro e a intervenção na zona histórica do Bairro do Castelo com a reabilitação da Torre dos Figos e da Casa do Horto. Na vertente ambiental e sustentabilidade, salientam-se os projetos na área de abastecimento de água e de redes de águas residuais, candidatos e com financiamentos aprovados a programas comunitários. O Município de Lamego prosseguirá uma trajetória de equilibro ambiental e de redução da "pegada" de carbono, através de diversas iniciativas na área da sustentabilidade energética. A terminar, foram ainda anunciadas as candidaturas a apresentar na área do turismo a diversos programas comunitários. 
"Estes projetos, pela sua qualidade e adequação às necessidades das pessoas, têm de encontrar forma de ser sustentados e viabilizados, e não são os instrumentos de viabilização que impõem a execução dos projetos", referiu António Alves da Silva, Vice-Presidente da autarquia, no final da sua intervenção. 
Esta sessão pública incluiu ainda a apresentação do diagnóstico associado ao Plano de Mobilidade do Município de Lamego, bem como das linhas estratégicas que vão presidir ao seu desenvolvimento, feita por Paula Teles, administradora da MPT - Mobilidade e Planeamento do Território, empresa responsável pela elaboração do Plano de Mobilidade.

Contactos

Câmara Municipal de Lamego
  • Av. Padre Alfredo Pinto Teixeira, 5100 - 150 Lamego
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  • Telef.: 254 609 600 Fax.: 254 609 601

Horário do Município

Horário de Atendimento ao Público
        SEGUNDA A SEXTA
          08H30 ÀS 17H00
Hórário de Atendimento Tesouraria
        SEGUNDA A SEXTA
          08H30 ÀS 15H30
             HORÁRIOS CONTINUOS
 

Newsletter




Joomla Extensions powered by Joobi